19 de maio de 2022

Entrar

Inscrever-se

Parlamentares e personalidades se manifestam

Por em 23 de outubro de 2021 0 261 Visualizações

Parlamentares e personalidades se manifestam sobre perseguição de Moraes a jornalistas e pedido…

Parlamentares e personalidades se manifestam sobre perseguição de Moraes a jornalistas e pedido de prisão de Allan dos Santos O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, deu uma ordem de prisão preventiva contra o jornalista Allan dos Santos. Como o jornalista se encontra no exterior, o ministro pediu sua inclusão na lista da Interpol e sua extradição. Além disso, o ministro decretou a censura dos canais do jornalista e o bloqueio de contas dele e de pessoas ligadas a ele. O ato de Moraes gerou indignação, e parlamentares, advogados e cidadãos se manifestaram . O ministro Onyx Lorenzoni comparou: “Revista ataca o presidente de forma asquerosa, com referências ao que há de pior na história: silêncio. Allan dos Santos, um jornalista, defende que acredita, e pedem prisão porque pensa diferente? Porque é um conservador? Liberdade de expressão não pode ser seletiva e é garantida na Constituição”. O jornalista Rodrigo Constantino afirmou: “Quando o arbítrio bateu à porta do humorista Danilo Gentili, eu saí não em sua defesa, mas de um princípio de liberdade. Quando o arbítrio bateu à porta dos antas fofoqueiros, eu saí em defesa não deles, mas de um princípio de liberdade. Faço o mesmo agora, com Allan dos Santos”. O investidor Leandro Ruschel ironizou: “Num regime totalitário, o objetivo da “imprensa” é justificar a perseguição política aos opositores, além de defender o regime, obviamente”. O especialista em segurança pública Fabricio Rebelo questionou: “A ordem de prisão de Allan dos Santos é emblemática, mas não é o mais grave nesse episódio. Houve a criminalização do apoio a um canal de conteúdo em ‘lives’, o transformando em crimes contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro, devassando-se os apoiadores. O que vem depois?”. Rebelo compartilhou o anúncio de que as atividades do jornal foram encerradas e disse: “Daquelas notícias que escancaram como o sistema atua. O TL não “encerrou suas atividades”, como resume Ítalo Lorenzon; ele foi proibido de existir. Que Deus ilumine aqueles que dependiam da empresa para o sustento próprio e familiar”. O ex-ministro Ernesto Araújo se manifestou: “Indignação diante da perseguição a Allan dos Santos. Dupla indignação porque ela se faz diante da indiferença ou aplauso de todo um establishment político que diz defender o “Estado democrático de direito”. Momento triste para a liberdade e aqueles que nela ainda acreditam”. O deputado José Medeiros compartilhou tweet do STF que informava que “O ministro Alexandre de Moraes também atendeu pedido da PF, endossado pela PGR, e determinou que o Google informe sobre lives e doadores do canal Terça Livre, de Allan dos Santos, desde janeiro de 2020”, e disse: “Isso é o fim do mundo, Venezuela é aqui, ninguém que não seja do PT e seus puxadinhos se sente mais seguro no Brasil”. Henrique Olliveira, cofundador do Movimento Brasil Conservador, alertou: “Já vivemos uma DITADURA no Brasil. E não é de hoje…”. O advogado Valter Cota lembrou: “Parte dos Senadores que deveriam cumprir com sua obrigação – (inciso II art.52 da CF), não o fazem porque têm processos que serão julgados pelo STF. Logo fica essa relação espúria e conveniente, com a Nação sofrendo as consequências, sendo uma delas a SUPRESSÃO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO”.

Canais sugeridos

Informação News  Quem é a Rússia?  Canal O Atalaia    A sétima cabeça   News do Atalaia 

Venda ou Compre seus Produtos aqui   Compre Mais Barato Direto da China aqui   

Compartilhe este vídeo ou matéria com seus amigos

Compartilhe esta Bênção
Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.